Arquivo | Dumping Social RSS feed for this section

Empresa terá que indenizar trabalhador pela prática do dumping social

9 out

A reportagem reproduzida abaixo traz um termo que embora se refira a atividade muito praticado, ainda não é muito discutido. Estamos falando do Dumping Social que pode ser entendido melhor no post anterior.


Confirmando sentença, 4ª Turma do TRT-MG manteve a condenação de uma empresa pela prática de dumping social (produção de mercadorias mais baratas com a exploração da mão-de-obra adquirida a baixos custos, através da utilização de formas precárias de trabalho, em desrespeito às normas trabalhistas, gerando concorrência desleal e danos à sociedade). Na avaliação dos julgadores, as repetidas tentativas da reclamada de burlar a legislação trabalhista caracterizam a prática do dumping social.

De acordo com dados do processo, foram julgados, desde 2008, cerca de 20 ações propostas contra a empresa, todas reclamando horas extras não pagas. E ainda ficou demonstrado o cumprimento de jornada extraordinária além da 10ª hora diária, sendo que a empresa apresenta alto risco de acidentes e condições ergonômicas inadequadas para os trabalhadores.

O relator do recurso, desembargador Júlio Bernardo do Carmo, explicou que está caracterizado o dumping social quando “a empresa, por meio da burla na legislação trabalhista, acaba por obter vantagens indevidas, através da redução do custo da produção, o que acarreta um maior lucro nas vendas” . Na visão do desembargador, essa prática precisa ser combatida pelo Judiciário trabalhista, porque constitui ato ilícito, por exercício abusivo do direito, já que extrapola limites econômicos e sociais. Em relação a esse tema, o magistrado citou o Enunciado nº 4, aprovado, na 1ª Jornada de Direito Material e Processual na Justiça do Trabalho, realizada no final de 2007. Com base nesse Enunciado, o desembargador esclareceu que o fundamento legal para impor ao agressor reincidente uma indenização suplementar pela prática de dumping social está no artigo 404, parágrafo único, do Código Civil.

Nesse contexto, a Turma considerou adequada a indenização fixada pelo juiz de 1º grau, no valor de R$500,00, a ser paga pela empresa em parcela única, em favor do reclamante, como forma de punição pela prática do dumping social.


( RO nº 00866-2009-063-03-00-3 )

Anúncios

O que é Dumping Social?

9 out

Por Reinaldo de Oliveira.
Primeiramente vamos enteder o que é Dumping:
Dumping é uma palavra de origem inglesa que não tem encontrado tradução nas línguas latinas, sendo incorporada, em sua grafia original, ao vocabulário de inúmeros idiomas, dentre os quais o português.O Black’s Law Dictionary define dumping como “o ato de vender grandes quantidades a um preço muito abaixo ou praticamente sem considerar o preço; também, vender mercadorias no exterior por menos que o preço do mercado doméstico”.
Definindo o termo original, podemos, agora entender o Dumping Social que, nada mais é que a prática na qual se busca vantagens comerciais através da adoção de condições desumanas de trabalho visando produção de mercadorias mais baratas com a exploração da mão-de-obra adquirida a baixos custos, através da utilização de formas precárias de trabalho, em desrespeito às normas trabalhistas, gerando concorrência desleal e danos à sociedade.
Um caso flagrante de Dumping Social é quando os preços baixos resulta do fato de empresas produtoras estarem instaladas em países onde não são cumpridos os direitos humanos mais elementares, assim como direitos dos trabalhadores internacionalmente reconhecidos, nomeadamente aqueles que estão previstos pela OIT (Organização Internacional do Trabalho).
As práticas de Dumping, quer sejam elas social, ambiental, dentre outras representa uma prática prejudicial à livre concorrêncial, condenável e execrável.
Pense nisto quando for comprar aquela mercadoria, como roupas, eletrônicos, etc, que, muitas vezes são importados de um pequeno país vizinho, que, também por sua vez são produzidos por uma grande país asiático que está se tornando uma potência econômica e militar às custas da exploração de seus povos.